Ninguém fala sobre HGE em cães! Mas vamos hoje!

Kaylee Ferreira

publicado por Dra. Kaylee Ferreira

Atualizado em

O blog I Love Veterinary é suportado pelo leitor e podemos ganhar uma comissão de produtos comprados por meio de links nesta página, sem nenhum custo adicional para você. Saiba mais sobre nós e nosso processo de análise de produtos >

O que é HGE em cães? 

Gastroenterite hemorrágica (HGE) ou Síndrome de Diarréia Hemorrágica Aguda (AHDS) ocorre quando um cão tem diarréia sanguinolenta e vômitos repentinos. HGE em cães tem um início agudo.

Cães saudáveis ​​perdem o apetite, começam a vomitar e produzem grandes quantidades de diarreia sanguinolenta. As fezes se assemelham a geleia de morango como visto com sangue não digerido ou marrom escuro com um cheiro desagradável com sangue digerido.

Labrador branco deitado no chão

O que causa HGE em cães?

A causa exata da HGE é desconhecida, mas as teorias dos pesquisadores incluem especulações sobre alergias, sensibilidades alimentares ou indiscrições dietéticas, toxinas, pancreatite, parasitase disbacteriose. 

Cães de raças pequenas são altamente suscetíveis ao HGE, mas a condição ocorre em todas as raças, sem predisposições específicas de gênero ou idade. Cães propensos a ansiedade e hiperatividade têm maior risco de desenvolver HGE. 

Algumas raças que frequentemente sofrem de HGE estão listadas abaixo: 

  • Yorkshire Terriers.
  • Poodle Miniatura.
  • Schnauzers miniatura.
  • Daschunds.
  • Poodle Maltês.
  • Pequinês.
  • Pastores de Shetland.
  • Cavalier King Charles Spaniel.

A diarreia sanguinolenta em cães ocorre se o revestimento da mucosa gastrointestinal for danificado. Este dano resulta na entrada de sangue no trato GI. 

O sangramento GI superior envolve a boca, esôfago, estômago e intestino delgado. Um sangramento GI superior fará com que o sangue viaje pelo trato digestivo, onde é digerido. A cor pode ser vista como fezes pretas escuras ou manchas de ferrugem em papel de seda quando pega.

O sangramento GI inferior ocorre no intestino grosso. O resultado geralmente é uma fezes de cor vermelha brilhante misturada com muco. Pode parecer geléia de morango ou aparecer como listras vermelhas brilhantes nas fezes.   

As possíveis causas de sangramento gastrointestinal incluem:

  • Úlceras gástricas ou intestinais.
  • Trauma de feridas de mordida ou uma força contundente. 
  • Neoplasia gastrointestinal ou tumores que causam obstrução.
  • Corpos estrangeiros.
  • Doenças infecciosas como parvovirose canina.
  • Distúrbios de coagulação ou toxicidade de raticidas.
  • Parasitas intestinais como giardia.
  • Desequilíbrios de micróbios intestinais causam disbacteriose intestinal.

Os médicos não consideram HGE uma doença inflamatória primária. O trato gastrointestinal tem uma permeabilidade mucosa alterada e hipersecreção. 

Alguns pacientes têm Clostridium perfringens superproliferação, mas ainda não há evidências de que o organismo ou suas toxinas causem HGE. 

HGE nos sintomas dos cães

HGE acontece muito rapidamente, por isso é essencial observar os sintomas. Alguns dos sinais de HGE podem incluir:

  • Perda repentina de apetite.
  • Depressão.
  • Vômitos.
  • Diarréia profusa e sanguinolenta com odor fétido.
  • Dor ou desconforto abdominal. A barriga do paciente ficará firme ou ensinada, e eles gemerão quando os donos palparem o abdômen.
  • Desidratação.

O choque pode se desenvolver muito rapidamente se a permeabilidade da mucosa do trato GI for alterada significativamente. A combinação de desidratação, hemoconcentração e endotoxemia pode ser fatal.   

O que fazer se o seu cão tiver sinais de HGE?

O início rápido e a natureza grave do HGE o tornam uma condição potencialmente fatal. Os animais de estimação requerem cuidados veterinários se a sua condição se deteriorar rapidamente e apresentarem sintomas clínicos graves.

Monitore diligentemente o apetite e as fezes do seu animal de estimação diariamente para detectar quaisquer sinais precoces. 

Se o seu animal de estimação ficar letárgico, vomitar várias vezes em um curto período e tiver evacuações grandes contendo sangue, ele precisa consultar o veterinário o mais rápido possível. 

HGE pode levar a hemoconcentração, hipoglicemiae choque hipovolêmico se não for tratado. 

Como o HGE canino é diagnosticado?

Apesar da condição descrever sangue e inflamação no trato gastrointestinal, HGE é um diagnóstico de exclusão. Os médicos devem estabelecer se há potencialmente outras causas de sangue nas fezes.

Um veterinário considera a história clínica completa de um paciente e o início agudo dos sintomas e realiza um exame físico quando um cão apresenta fezes com sangue. Alguns exames solicitados podem incluir hemograma completo, bioquímica, radiografia, endoscopia ou ultrassonografia. 

O achado mais confiável no HGE é a hemoconcentração extrema. Uma concentração média de hematócrito está entre 35 a 40% em cães saudáveis. 

A hemoconcentração ocorre quando o volume de hemácias (medição dos glóbulos vermelhos em comparação com o volume de fluido do sangue) é superior a 60%. Alguns casos podem atingir entre 70 a 80%. Um PCV alto e diarréia sanguinolenta fétida são muito comuns em pacientes com HGE. 

HGE causa uma perda dramática de água e eletrólitos como potássio, sódio e cloreto tornam-se muito baixos. As proteínas totais também podem ser baixas ou normais em cães HGE.

Os pacientes com HGE geralmente não apresentam febre e seus resultados laboratoriais geralmente não são dignos de nota. Se o paciente for leucopênico, não vacinado ou filhote, deve-se realizar testes para enterite parvoviral para excluí-la como um possível diagnóstico diferencial.  

Cachorro fofo no sofá

HGE em dicas de dieta para cães

A causa do HGE é desconhecida, por isso é difícil de prevenir. Aqui estão algumas dicas se o seu cão tem um estômago sensível e está predisposto a ataques frequentes de HGE.

  1. Evite mudanças repentinas na dieta – tente alterar a dieta do seu cão gradualmente para evitar distúrbios gastrointestinais. 
  2. Não alimente restos de comida ricos e ricos em gordura.
  3. Alimente alimentos de alta qualidade de marcas confiáveis ​​ou respeitáveis ​​de alimentos para cães.
  4. Não deixe guloseimas como peles cruas ou ossos sem vigilância com seus animais de estimação, porque se eles os enterrarem ou os deixarem em condições úmidas, eles podem ficar seriamente contaminados com bactérias. 
  5. Use medicamentos preventivos de parasitas internos.
  6. Certifique-se de que cães altamente nervosos evitem ambientes de alto estresse.
  7. Use os probióticos para ajudar animais de estimação com sistemas digestivos sensíveis para ajudar a manter uma população saudável de micróbios intestinais. 

HGE em Cães - Tratamento

O início súbito de HGE significa que os donos devem agir rapidamente para evitar que os sintomas de seu animal de estimação progridam para um nível de risco de vida. 

Cães com HGE precisam de tratamento de suporte para evitar complicações associadas à hemoconcentração e desidratação. Hipovolemia, desequilíbrios eletrolíticos e hipoglicemia podem levar um paciente a entrar em choque e possivelmente morrer. 

As taxas de mortalidade são baixas em pacientes que recebem tratamento. A maioria dos tratamentos inclui os seguintes passos:

  1. Administração de fluidoterapia intravenosa para corrigir o estado de hidratação, hemoconcentração e desequilíbrio eletrolítico.
  2. Restrição alimentar e hídrica até que o vômito desapareça. 
  3. O uso de corticosteroides pode ser indicado em pacientes críticos que estejam em choque.
  4. Um antibiótico pode ser necessário se houver um crescimento excessivo de bactérias, como C.perfrigens. Antibióticos comuns prescritos para combater infecções intestinais secundárias podem incluir ampicilina, enrofloxacina ou metronidazol (nome comercial Flagyl®). 
  5. A medicação antiemética é frequentemente necessária para ajudar a combater náuseas graves e pode incluir maropitant (Cerenia®) ou Ondansetron
  6. Medicação gastroprotetora pode ser necessária para alguns pacientes. 
  7. Os médicos podem incluir probióticos e alimentos prescritos para ajudar o trato gastrointestinal a se recuperar de danos no revestimento da mucosa.
  8. Nos casos que apresentam baixos níveis de proteína no sangue, os pacientes podem precisar de terapia com plasma ou coloide.  

Durante a recuperação, o veterinário assistente recomendará dietas específicas de prescrição projetadas e formuladas para ajudar cães que sofreram de gastroenterite. Alimentar seu animal de estimação com esta dieta por 7 a 10 dias é essencial para permitir tempo suficiente para que o trato gastrointestinal recupere seu microbioma natural. 

Avalie o apetite, o hábito, o vômito e a consistência das fezes do seu cão diariamente para monitorar sua recuperação. Gradualmente, faça a transição do seu animal de estimação para a comida normal após dez dias, se as fezes e o apetite voltarem ao normal.

A maioria dos cães se recupera dentro de 24 a 48 horas após a terapia. Os médicos devem investigar complicações secundárias, como íleo, intussuscepção ou endotoxemia se o paciente não apresentar melhora. 

HGE pode ser uma emergência, muitas vezes significando que os donos de animais podem precisar visitar um veterinário de emergência depois do expediente. Hospitalização e tratamentos veterinários após o expediente podem ser muito caros. O seguro para animais de estimação é sempre uma ótima maneira de ajudar a evitar contas inesperadas do veterinário e permite aos médicos a oportunidade de fornecer o melhor padrão de atendimento.   

HGE em cães é contagioso?

HGE em cães não é contagioso. HGE ocorre sem mudanças repentinas na dieta, contaminantes ambientais ou doenças infecciosas. Uma febre com HGE é incomum.

Quanto tempo dura o HGE em cães?

A maioria dos animais mostra melhora dentro de horas de tratamento, e a maioria dos sintomas de HGE irá diminuir dentro de 24 a 48 horas. Quanto mais cedo o animal receber tratamento, melhor. As fezes podem permanecer moles e malcheirosas por vários dias.

A diarreia sanguinolenta em cães é uma emergência?

HGE é uma condição grave porque a doença pode causar insuficiência circulatória e morte aguda.

Por que meu cachorro não come depois do HGE?

HGE resulta em mudanças drásticas no revestimento da mucosa gastrointestinal. O microbioma intestinal normal é interrompido e as bactérias saudáveis ​​levam tempo para se recuperar. 

Um apetite deprimido pode resultar de aversão alimentar de náuseas e vômitos, dor ou irritação gástrica e até mesmo estresse por estar doente. A maioria dos pacientes fica em jejum por 24 horas antes de ser alimentado para permitir que seus estômagos se acalmem. A maioria dos pacientes comerá novamente dentro de 36 a 48 horas quando for oferecida água e pequenas refeições leves.

Cachorro esperando em casa

Uma Palavra Final

Devido ao fato frustrante de HGE não ter uma causa definida, é essencial tentar apoiar qualquer animal de estimação com um sistema gastrointestinal sensível, evitando mudanças bruscas de dieta e não alimentando restos de comida. 

HGE em cães ocorre rapidamente e pode progredir para uma condição com risco de vida em questão de horas. Os donos de animais de estimação devem ter o hábito de verificar o apetite e a consistência das fezes de seus animais pelo menos uma vez por dia para garantir a detecção precoce do HGE. 

HGE pode ser fatal se não for tratada. Agir rapidamente e evitar os gatilhos HGE pode ajudar a manter os animais de estimação felizes e saudáveis. Cães predispostos a HGE devem, idealmente, ter um seguro abrangente para animais de estimação para evitar contas veterinárias imprevistas.   

O compartilhamento é cuidar!

Kaylee Ferreira

AUTOR

A Dra. Kaylee Ferreira, veterinária sul-africana de Joanesburgo, destaca-se em diversas funções veterinárias. Fundadora dos Serviços Veterinários Kubuntu, ela é uma dedicada amante dos animais e aventureira.

Recomendado

pediátrico para cães

Pedialyte para cães: 2024 atualizado

8 min read

Subscreva a nossa newsletter

Deixe seu e-mail abaixo para fazer parte do time I Love Veterinary e desfrutar de novidades regulares, atualizações, conteúdo exclusivo, novidades e muito mais!