Lisina para gatos - o que você precisa saber

publicado por Jaclyn

Atualizado em

O blog I Love Veterinary é suportado pelo leitor e podemos ganhar uma comissão de produtos comprados por meio de links nesta página, sem nenhum custo adicional para você. Saiba mais sobre nós e nosso processo de análise de produtos >

Qual é o papel da lisina para gatos?

Os aminoácidos em qualquer corpo animal são essenciais para que o corpo sobreviva. Eles participam de quase todas as funções corporais. A lisina é um aminoácido essencial que ajuda a produzir anticorpos e auxilia na absorção de cálcio. Isso é importante, para que nossos gatinhos possam combater doenças e ter ossos saudáveis. Os gatos não produzem lisina por conta própria. Eles devem obtê-lo através de sua alimentação e suplementos. 

Kitten, Lysine for Cats - O que você precisa saber - I Love Veterinary

Quais são os benefícios do uso de lisina para gatos?

A lisina é usada principalmente para combater o vírus do herpes felino (FHV-1) em gatos. Para que o FHV-1 se replique, ele precisa se ligar ao aminoácido arginina. A lisina funciona interrompendo essa relação, tornando menos provável que o vírus se agrave e mostre uma diminuição nos sinais clínicos. 

Os veterinários também podem usar a lisina para ajudar a tratar os sinais clínicos associados a outras doenças respiratórias superiores. É comum os gatinhos contraírem o vírus e, como seu sistema imunológico não está tão desenvolvido, fica mais difícil para eles lutarem. Isso os deixa com secreção nos olhos e nariz, tornando-os super desconfortáveis. A lisina ajudará a diminuir a descarga e dará ao sistema imunológico do gatinho uma chance de lutar. 

Descompactando o Herpesvírus Felino

Para entender a importância da lisina e seus benefícios, você deve primeiro entender o Herpesvírus Felino (FHV-1). O FHV-1 é comparável ao resfriado comum em humanos. Aparece através de corrimento nasal, conjuntivite e outras doenças respiratórias superiores. O FHV-1 é extremamente comum e é provável que a maioria dos gatos tenha sido exposta a ele em algum momento. Alguns apenas têm melhores sistemas imunológicos para combatê-lo e raramente mostram sinais. Outros podem ter casos graves e infecções secundárias. Abaixo está uma lista de sinais clínicos típicos de FHV-1:

  • Tossindo
  • Espirrando
  • Corrimento nasal / corrimento produtivo
  • Conjuntivite
  • Letargia
  • Inapetência
  • Apertar os olhos
  • Sibilos
Gato espirrando, lisina para gatos - o que você precisa saber - eu amo veterinário

É importante considerar a saúde geral do seu gato ao optar por tratar o FHV-1. Você deve sempre informar seu veterinário sobre quaisquer sinais clínicos, para que eles tenham um histórico adequado e estejam cientes de quaisquer surtos futuros. 

É provável que o FHV-1 surja quando o sistema imunológico dos gatos está enfraquecido por doenças ou estresse concomitantes. Também é comum que os gatos desenvolvam infecções secundárias porque seu sistema imunológico não está em boa forma e tem problemas para combater quaisquer patógenos estranhos. Nestes casos, os gatos podem receber antivirais, antibióticos, junto com a lisina para ajudar a combater as doenças que estão se instalando. 

Qual é a dosagem correta para lisina?

A lisina vem em muitas formas. Pode ser um pó, um tratamento, um gel ou uma pasta. É importante notar que este é um suplemento dietético, o que significa que é adicionado à alimentação/dieta do seu animal de estimação e geralmente pode ser encontrado no balcão. 

No entanto, contém substâncias que podem ser prejudiciais ao seu animal de estimação se usadas de forma inadequada. Portanto (isso vale para qualquer medicamento ou suplemento), é sempre melhor consultar seu veterinário antes de dar. Muitas vezes eles podem sugerir uma dose diferente do que o frasco sugere. A sua dose é mais adequada para gerir os sinais clínicos do seu gato. 

Quais são os efeitos colaterais da lisina

Os efeitos colaterais da lisina raramente são observados; no entanto, nenhum medicamento ou suplemento é sem eles. Ao usar lisina, você está bloqueando o aminoácido arginina. Sem este aminoácido, a função celular e orgânica pode ser interrompida. 

Também foi observado que a lisina pode causar reações alérgicas e pode permanecer no sistema por mais tempo para qualquer gato com rim ou doença hepática. Também foi relatado que pode causar diarréia

Fórmula química para lisina com comprimidos, lisina para gatos - O que você precisa saber - I Love Veterinary

Perguntas frequentes sobre lisina

P: Com que frequência você administra lisina?

R: A lisina é um suplemento oral. Independentemente de sua forma (comprimido (triturado ou inteiro), pó, gel ou pasta), deve ser administrado com alimentos. Pode levar até algumas semanas para ver seus benefícios. 

P: Existem interações medicamentosas a serem observadas ao dar Lisina ao meu gato?

R: Sempre dê uma lista completa dos medicamentos atuais que seu gato está tomando. Isso ajudará a diminuir qualquer chance de interação medicamentosa e educá-lo sobre seus sinais. Drogas que são usadas para suplementar cálcio ou arginina devem ser evitadas. 

P: Existem fatores de risco ao administrar lisina?

R: Não há muitos fatores de risco conhecidos ao dar este suplemento ao seu gato. Sempre use com cautela em gatas grávidas ou lactantes. É sempre melhor consultar seu veterinário antes de usar o suplemento para quaisquer possíveis fatores de risco pessoais. 

P: Meu gato precisa ser monitorado enquanto estiver tomando este medicamento?

R: Este medicamento é suplementar e considerado de venda livre. Dito isto, seu gato não precisa ter seu exame de sangue monitorado para recargas. No entanto, é aconselhável verificar com seu veterinário para garantir que ele esteja funcionando corretamente.

P: Como a lisina é armazenada?

R: Consulte sempre a embalagem ou frasco para instruções específicas de armazenamento. No entanto, geralmente é armazenado em um recipiente hermético à temperatura ambiente. 

P: E se eu perder uma dose?

R: Se a dose que você esqueceu estiver longe o suficiente da próxima dose, ela pode ser administrada. Se estiver próximo, é melhor pular essa dose. Consultar seu veterinário é sempre uma ideia segura quando se trata de doses perdidas. Você quer evitar a dosagem dupla do seu gato, porque isso pode levar a efeitos colaterais adversos.

P: Posso dar ao meu gato uma forma humana de Lisina?

R: Não há evidências suportadas ou quantidades limitadas que afirmem que é seguro usar lisina humana para gatos. Certifique-se de usar um suplemento que seja seguro e dosado adequadamente para gatos. 

Gato cheirando catnip seco, Lysine for Cats - O que você precisa saber - I Love Veterinary

Quais são as soluções alternativas para a lisina?

Existem algumas soluções alternativas que podem ser postas em prática em vez de usar um suplemento. Claro, você pode fazer todas as sugestões abaixo enquanto também o suplemento:

  • Ambiente calmo– crie um ambiente seguro e tranquilo para evitar o estresse do seu gatinho. Adicionando nepenta ou feromônios para o ambiente do seu gato podem ajudar a desestressá-los. 
  • Alimentos com lisina– dando alimentos ricos em lisina ou certificando-se de incorporar todos os aminoácidos essenciais do seu gato e vitaminas ajudará a manter seu gato saudável. 
  • Probióticos– os probióticos ajudam a manter um intestino saudável no seu gato. 
  • Antivirais e antibióticos - estes são usados ​​em casos extremos e se alguma infecção secundária estiver presente. 

Resumo

Nunca é divertido ver seu amigo felino doente. Portanto, ter algo à mão que possa ajudá-los é reconfortante. É importante conhecer todos os riscos e informações envolvidas ao administrar lisina. Manter contato com seu veterinário sobre o estado de saúde atual do seu gato, juntamente com o fornecimento de suplementos e medicamentos, ajudará em ótimos cuidados de saúde.

O compartilhamento é cuidar!

AUTOR

Jaclyn é Técnica Veterinária Licenciada (LVT) e formada em jornalismo. Combinar seus dois interesses de escrita e medicina veterinária é uma verdadeira paixão. Jaclyn já criou seu próprio blog chamado The Four Legged Nurse. Ela é abençoada com dois filhos, um marido maravilhoso e quatro bebês peludos dedicados. Nas horas vagas ela adora passar tempo com a família, ler e andar a cavalo.

Recomendado

pediátrico para cães

Pedialyte para cães: 2024 atualizado

8 min read

Subscreva a nossa newsletter

Deixe seu e-mail abaixo para fazer parte do time I Love Veterinary e desfrutar de novidades regulares, atualizações, conteúdo exclusivo, novidades e muito mais!