Por que meu cachorro cheira a peixe? (MISSÃO ABORTADA)

Helen Roberts DVM

publicado por Helen Roberts

Atualizado em

O blog I Love Veterinary é suportado pelo leitor e podemos ganhar uma comissão de produtos comprados por meio de links nesta página, sem nenhum custo adicional para você. Saiba mais sobre nós e nosso processo de análise de produtos >

O que são glândulas anais em cães? 

A maioria dos donos de cães, infelizmente, conhece bem as glândulas anais, mas se você tiver a sorte de não saber, poderá pensar: “Por que meu cachorro cheira a peixe?”

As glândulas anais são duas pequenas glândulas sudoríparas especializadas que residem em cada lado do reto de um cão. As glândulas anais liberam uma secreção que age como um marcador de cheiro nas fezes cada vez que seu cão faz cocô. Esta secreção fétida é comumente descrita como tendo um cheiro de peixe, e funciona para se comunicar com outros cães.

Quando seu cão libera suas glândulas anais, você pode notar um odor de peixe, mas essa não é a única causa; Continue a ler para saber mais!

Problemas da glândula anal em cães

Razões pelas quais seu cachorro cheira a peixe

Os cães não devem cheirar forte e, se cheirarem, deve ser um leve cheiro de mofo. Um cheiro forte – particularmente um cheiro de peixe, pode ser causado por alguns motivos diferentes.

Muitas partes do corpo de um cão podem abrigar cheiros, incluindo boca, bexiga (através da urina), ouvidos, genitais e pele. Estas são descritas em mais detalhe abaixo.

Outra causa comum de um cão com cheiro de peixe é quando os sacos anais são liberados ou doentes. Embora seja normal que as secreções das glândulas anais sejam liberadas no cocô quando seu cão vai ao banheiro, qualquer resíduo na pele pode causar um cheiro transitório, mas não deve durar muito. No entanto, uma glândula anal doente continuará a cheirar muito depois que seu cão terminar de ir ao banheiro.

Existem três doenças comuns do saco anal, sendo a primeira impactação. Isso ocorre quando o fluido nos sacos anais não é totalmente evacuado após o banheiro. O líquido restante pode secar e tornar-se difícil de expelir na próxima vez que o seu cão for ao banheiro – levando à impactação. Esta é a condição menos grave, mas pode ser aliviada através da expressão manual. Seu tosador ou clínica veterinária pode ajudar com isso!

A segunda condição, mais grave, envolve infecção e abscesso do saco anal. Isso pode ocorrer a partir de uma impactação não tratada que se torna infectada. O saco anal é frequentemente descolorido e inchado e, quando palpado, pode ficar muito dolorido. Em situações graves, o saco anal pode se romper.

A terceira doença do saco anal é tumores do saco anal. A boa notícia é que estes são raros, mas a má notícia é que eles são graves. Se o seu veterinário suspeitar de um tumor, amostras podem ser coletadas e a cirurgia pode ser necessária.

Seja qual for a causa, se você notar um cheiro anormal vindo do seu cão, é melhor levá-lo ao veterinário para verificar. Os cheiros podem ser um sinal de doença ou infecção e não devem ser deixados para apodrecer! 

Os Sinais da Doença do Saco Anal (Causas de Cheiro de Peixe de Cachorro)

Como descrito acima, um sinal comum de doença do saco anal é um cheiro de peixe vindo do seu cão, mas este não é o único sinal de que há um problema com os sacos anais. Você pode notar seu cão fugindo seus sacos anais irritados no chão; eles podem morder ou lamber repetidamente em seu ânus, alguns cães se sentam constantemente.

Seu cão pode começar a se esforçar para defecar e pode choramingar devido à dor. Às vezes, os proprietários podem notar um caroço duro perto do reto ou ver um inchaço. Pode haver sangue ou pus nas fezes, pois a glândula anal doente do seu cão é expressa quando eles vão ao banheiro. 

Em casos mais graves, a glândula anal pode se romper e você pode ver uma ferida em um lado da glândula anal, isso geralmente é muito doloroso e seu cão pode resistir a examinar a área. Além disso, se o seu cão tiver problemas repetidos com as glândulas anais, você pode se tornar mais sensível às dicas que seu cão dá de que há um problema que pode permitir que você aja rapidamente.

Se você suspeitar que seu cão tem uma doença do saco anal, é melhor examiná-lo por um veterinário para evitar consequências mais graves.

Como controlar esse cheiro de peixe canino?

O primeiro passo para remover um cheiro de peixe é tratar a causa. Um cheiro anormal vindo do seu cão deve levar a uma visita ao veterinário, onde eles podem ajudar a determinar a causa. Pode ser tão simples quanto dar banho regularmente em seu cão ou tão grave quanto uma condição que requer cirurgia.

Se o seu veterinário não encontrar nada de errado, é recomendável garantir que você esteja alimentando uma dieta de alta qualidade, banhando seu cão regularmente com xampu apropriado para cães (não shampoo humano), e cuidar de sua higiene, como tosa regular, escovar os dentes e limpar os ouvidos. Caso contrário, usando um desodorizador de cachorro seguro pode manter seu cão cheirando bem.

cachorro tomando banho

Como prevenir a doença do saco anal?

Nem todas as doenças do saco anal podem ser prevenidas, mas há algumas coisas que você pode tentar ajudar. A doença do saco anal é frequentemente causada por sacos anais que não são totalmente esvaziados em sua raiz. Isso pode ser causado por fezes que são muito moles para empurrar a glândula anal. Outras recomendações a serem implementadas incluem:

  • Evitando o início da doença do saco anal. Recomenda-se que o seu cão seja alimentado com uma dieta adequada com fibra suficiente para aumentar o volume das fezes. 
  • Evite o excesso de peso e exercite seu cão regularmente. 
  • Incentive seu cão a beber bastante água fresca e monitorar seu comportamento para detectar sinais de doença precocemente.

Alguns cães podem exigir o esvaziamento regular do saco anal. Isso pode ser realizado em sua clínica veterinária.

O que fazer se a respiração do seu cão cheirar a peixe

Hálito de peixe pode ter muitas causas diferentes. Alguns exemplos incluem problemas digestivos, doenças dentárias ou uma infecção na boca. Menos comumente, o mau hálito pode significar doenças sistêmicas, como doença renal ou Diabetes Mellitus

Em circunstâncias graves, mas infrequentes, os tumores podem se desenvolver na boca, levando a um mau cheiro. Problemas com a boca também podem causar sinais como dor ao comer, sangramento das gengivas e perda de peso. 

Se você acha que seu cão tem um problema com a boca, é crucial procurar aconselhamento veterinário, pois a condição pode ser dolorosa, e pegá-lo cedo ajudará a obter um melhor resultado.

A bunda do meu cachorro cheira a peixe - o que devo fazer?

Se a parte de trás do seu cão está cheirando a peixe, isso pode ser causado por doença da glândula anal, problemas urinários ou infecção de pele. Se o cheiro não desaparecer com um banho, procure atendimento veterinário para obter mais conselhos.

O que fazer se o xixi do seu cachorro cheirar a peixe

A urina do seu cão não deve ter um cheiro forte. Se você está começando a notar que o xixi do seu cachorro cheira a peixe, algo pode estar errado. Uma infecção do trato urinário é uma causa comum do cheiro anormal de urina em cães. 

Se o seu cão tiver uma ITU, você também pode notar que ele se esforça para urinar, tem sangue na urina ou chora ao urinar. A urina também pode cheirar se houver uma infecção nos órgãos genitais do seu cão.

Se houver algum cheiro novo na urina do seu cão, um veterinário deve verificar. Se você puder coletar uma amostra (idealmente a primeira do dia, no meio do xixi) e trazê-la com você – melhor ainda, pois seu veterinário poderá testá-la e ajudar a obter algumas respostas.

Por que alguns cães são mais cheirosos do que outros?

Alguns cães são naturalmente mais fedorentos do que outros. Diferenças em sua pele e pelagem podem causar isso. 

Cães como Retrievers e Cocker Spaniels são naturalmente mais oleosos devido à sua propensão para a água. Um acúmulo de óleo na pele pode tornar-se fedorento. Banhos regulares com xampu para cães podem ajudar a reduzir o cheiro e manter a pele saudável.

Outros cães, como Bulldogs e Sharpeis, são criados para ter excesso de pele e dobras cutâneas. Estes podem reter a umidade e levar à proliferação de leveduras e bactérias, levando ao mau cheiro. Usando toalhitas seguras para cães limpar entre as dobras da pele regularmente pode mantê-las limpas e sem cheiro.

Cão de limpeza com toalhetes

Por que minha cadela cheira a peixe?

A doença do saco anal é apenas uma das causas do cheiro de peixe em cadelas. As cadelas também podem desenvolver um cheiro se houver um problema com sua anatomia específica. Por exemplo, as infecções do trato urinário são mais comuns em cadelas devido à sua uretra mais curta e larga, que é mais fácil para as bactérias viajarem até a bexiga. 

Infecções bacterianas e fúngicas da vagina podem se desenvolver, especialmente se houver problemas de conformação ou se a cadela não for limpa regularmente. As cadelas com pelo longo podem desenvolver emaranhados, ou as fezes podem ficar presas, levando à infecção. 

Cães com pouca mobilidade podem deitar na urina, levando a escaldaduras e infecções da pele, que podem se tornar fedorentas. Se a sua cadela desenvolver um odor incomum, pode ser um sinal de doença, e um veterinário deve examiná-la.

Promovendo a Saúde da Glândula Anal

Suplementos de fibra podem ser usados ​​para aumentar as fezes de cães com problemas crônicos da glândula anal. Estes são benéficos na promoção da saúde da glândula anal. Você pode descobrir que, ao usar um suplemento de fibra, as glândulas anais precisam ser expressas com menos frequência. 

Abóbora é um ótimo suplemento de fibra natural. Abóbora enlatada pode ser adicionada à comida, ou um suplemento de semente de linhaça canina poderia ser tentado. 

É essencial perceber que adicionar fibras à dieta de seus cães pode torná-los mais sedentos, portanto, certifique-se de ter bastante água fresca e limpa disponível. Além disso, muita fibra pode causar constipação ou diarréia. Ambos são problemas que não ajudam na saúde da glândula anal. Seu veterinário poderá aconselhar sobre a quantidade adequada de fibra que seu cão precisa.

Cães com alergias de pele, hipotireoidismo ou infecções em outros lugares podem ser mais propensos à doença do saco anal. Ao tratar as condições subjacentes primeiro, isso pode ajudar a resolver os problemas da glândula anal.

Se você está lutando com as glândulas anais de seus cães, certifique-se de procurar aconselhamento veterinário.

Por que seu cachorro cheira a peixe quando está com medo

Quando um cão está com medo, pode começar a cheirar mal. Isso ocorre porque alguns cães liberam suas glândulas anais, que enchem a sala com o cheiro característico de peixe.

Como você terá aprendido, as doenças do saco anal podem ser causadas por impactações, infecções e neoplasias. Mas a doença do saco anal não é a única causa do cheiro de peixe.

Se você notar um odor repentino de peixe vindo do seu cão, sua melhor aposta é procurar aconselhamento veterinário. Quanto mais cedo você procurar ajuda, mais cedo seu cão pode parar de feder a sua casa.

O compartilhamento é cuidar!

Helen Roberts DVM

AUTOR

A trajetória de Helen na medicina veterinária é marcada pela dedicação à prática de pequenos animais e pela sede de experiências diversas. Ela se formou na Massey University em 2016, iniciando sua carreira em uma clínica rural em Canterbury, Nova Zelândia, antes de se aventurar no Reino Unido em busca de novos desafios. O amor de Helen pelos animais sempre esteve no centro da sua paixão, e o seu sonho de trabalhar com eles tornou-se uma realidade.

Recomendado

Dia Mundial do Veterinário

Comemorando o Dia Mundial da Veterinária de 2024

5 min read

Subscreva a nossa newsletter

Deixe seu e-mail abaixo para fazer parte do time I Love Veterinary e desfrutar de novidades regulares, atualizações, conteúdo exclusivo, novidades e muito mais!